quarta-feira, 11 de junho de 2008

Day of Portugal

21
24
19

Today is celebrated the day of Portugal and Camões. I'm not a great patriot and I do not believe in heroes or things made by individuals. The great work of Camões, "os Lusíadas" is dedicated to the great things made by Portuguese heroes. However I chose a poem of Camões but about love.

Amor é fogo que arde sem se ver

Amor é fogo que arde sem se ver;
É ferida que dói e não se sente;
É um contentamento descontente;
É dor que desatina sem doer;

É um não querer mais que bem querer;
É solitário andar por entre a gente;
É nunca contentar-se de contente;
É cuidar que se ganha em se perder;

É querer estar preso por vontade;
É servir a quem vence, o vencedor;
É ter com quem nos mata lealdade.

Mas como causar pode seu favor
Nos corações humanos amizade,
Se tão contrário a si é o mesmo Amor?

Luís de Camões

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx


Love is a fire that burns without being seen;
It's a wound that hurts without being felt;
It's an unhappy happiness;
It's a pain that drives you crazy without hurting;

It's a wishing no more for what you like;
It's walking lonely within a crowd;
It's never being contented with contentedness;
It's seeking to find oneself in losing oneself;

It's wishing to be a prisoner of wishes;
It's serving who you have overcome, you the victor;
It's being faithful to someone who kills us.

But how can its favour cause
friendliness in human hearts,
if love itself is so contrary to itself?

5 comentários:

George Townboy disse...

Gorgeous photos and a beautiful poem!! Love it!

Dave Coulter disse...

I love that top photo...have a nice holiday!

Sandpiper disse...

Beautiful photos and poem! Have a wonderful day!

Spike disse...

Nunca me canso deste poema, é lindíssimo.

Small City Scenes disse...

Happy Day of Portugal. MB